Uncategorized

Igreja – um corpo ao qual eu quero pertencer | Igreja té os confins da Terra

Ouvi uma voz forte que vinha do trono, a qual disse:

— Agora a morada de Deus está entre os seres humanos! Deus vai morar com eles, e eles serão os povos dele. O próprio Deus estará com eles e será o Deus deles.

Apocalipse 21:3

Nesses dias li um texto propondo a divisão do país em dois. Numa das divisões ficariam as pessoas que se agradavam da vida de uma certa maneira. Na outra divisão, aqueles com ideias diferentes do primeiro grupo. É simplesmente uma questão de escolha, em qual parte você gostaria de ficar.

Confesso que foi muito fácil decidir! Ao ler as características que governariam uma das divisões, pude ver claramente que não gostaria de viver lá! As características até poderiam parecer atraentes, mas dava para ver que, no máximo, trariam uma alegria momentânea, e depois, o peso de carregar a inconsequência.

Fazer parte da Igreja, o corpo de Cristo, exige uma escolha. Uma escolha na qual deixamos o que considerávamos bom para alcançar alguma coisa MUITO melhor. A alegria e a paz que só Cristo pode dar está com quem toma essa decisão. E, à medida em que caminhamos ao lado de Cristo e o nosso entrosamento melhora, pela oração e pela leitura de sua palavra, melhor fica esse relacionamento. E tudo isso é baseado no maior poder existente, que é o amor – porque Cristo amou a igreja e deu a sua vida por ela!

Igualmente importante é lembrar que a Igreja é formada por pecadores “em obras de melhorias”, para nos tornarmos mais próximos do padrão que é Cristo, Por isso não podemos desanimar com as falhas existentes – todos estamos “em obras”.

Então, eu já decidi e fico muito contente em dizer: “Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR”.